Boa tarde!
Guajará Mirim, RO
terça-feira, 29 de setembro de 2020 12:00:15
Notícias

Jaqueline Cassol e Coronel Chrisóstomo votam a favor do aumento de energia


Quinta-feira, 6 de agosto de 2020 00:21:05


Vai aumentar

A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira a autorização para que as concessionárias de energia elétrica promovam reajustes nas contas dos consumidores em todo o país. O deputado federal Léo Moraes, líder do Podemos no Congresso, havia apresentado um projeto para não permitir os reajustes, por conta da pandemia provocada pelo novo coronavírus. O projeto de Moraes foi retirado da pauta e a Câmara aprovou o requerimento. Votaram pelo aumento os deputados  Jaqueline Cassol (PP) e Coronel Chisóstomo (PSL), os demais de Rondônia foram contra. Por 12 votos Léo Moraes não conseguiu manter seu relatório na pauta. 

              

Na prática

Isso quer dizer que a energia vai sofrer reajuste nos próximos meses o percentual será definido pelas concessionárias, que apresentam os cálculos e a ANEEL autoriza ou não. Ela sempre autoriza. Podem agradecer a Jaqueline (dep.jaquelinecassol@camara.leg.br) e Chrisóstomo (dep.coronelchrisostomo@camara.leg.br) quando a Energisa garantir o aumento. Se você clicar AQUI, vai ver como foi a votação. Quem votou sim, votou para a possibilidade das distribuidoras de energia cobrar o reajuste da tarifa da energia elétrica (aumentar a energia elétrica). O deputado que vem brigando contra os abusos da Energisa ficou revoltado com a derrota, e fez um desabafo em suas redes sociais.

 

Painel Político - Alan Alex 

Nota de Esclarecimento - Jaqueline Cassol (PP/RO)

A deputada Jaqueline Cassol (PP-RO) repudia as informações falsas que estão sendo divulgadas nas redes sociais sobre a votação da Medida Provisória 950 e uma suposta autorização  para reajustes nas contas de energia elétrica.

A MP 950 sequer trata sobre reajuste. Ela estabelece a isenção aos consumidores beneficiários da Tarifa Social de Energia Elétrica (TSEE) do pagamento da conta de luz entre 1º de abril e 30 de junho.  A MP não  foi votada pela Câmara dos Deputados, nessa quarta-feira. 

A deputada ressalta que  o tema já está regulamentado por decreto e resolução da Aneel e o período de isenção na conta de luz já se encerrou no fim de junho. 

A assessoria da deputada afirma que é mais uma Fakenews para manchar o bom trabalho que a parlamentar desempenha e informa que o Plenário da Câmara dos Deputados decidiu retirar de pauta a Medida Provisória 950/20. O pedido de retirada de pauta foi feito pelo líder do governo do presidente Jair Bolsonaro, deputado Vitor Hugo (PSL-GO).

A deputada Jaqueline Cassol lamenta as publicações desrespeitosas que vem recebendo e reafirma seu compromisso com a verdade, ética e civilidade.  Destaca ainda que foi autora do pedido para Aneel para a isenção tarifária (-a proposta foi protocolada no dia 23 de março deste ano, link anexo) e que desde o início do seu mandato tem defendido a redução nas tarifas praticadas pela Energisa. (link anexo)

 

Pedido de isenção tarifaria (Leia)

Defesa dos consumidores contra a Energisa (Leia)


Essa Notícia foi Visualizada 183 vezes

Vídeos

Mais Notícias
Segunda-feira, 28 de setembro de 2020 21:56:30
ASSALTANTE É PERSEGUIDO E ATROPELADO APÓS ROUBO EM RESTAURANTE
Quinta-feira, 24 de setembro de 2020 19:22:13
Policial tem arma furtada
Terça-feira, 22 de setembro de 2020 15:53:24
MULHERES BRIGAM POR CIÚMES NA CAMA DURANTE ORGIA COM HOMEM
Ver Lista Completa